23 de janeiro de 2017

Calcinha anti-estupro; você usaria?

Alguém ainda se recorda da polêmica que houve nos Estados Unidos (EUA), em 2013, com o possível lançamento de uma calcinha considerada "anti-estupro"?  

A polêmica se deu com as feministas.  Segundo elas nenhuma mulher precisa (ria) usar uma vestimenta assim para se mostrar contrária a uma violência dessa natureza ("O único responsável pelo estupro é o estuprador"), no que concordo plenamente.

A calcinha de que falamos foi fabricada no início do ano de 2013 com um material super resistente. Cortes quase impossíveis de serem feitos, puxões e rasgões nem se fala!  

A única maneira de retirá-la do corpo da mulher seria com o consentimento dela haja vista estar fechada com "cadeado" de senha memorizada - sendo assim, ao vestí-la será melhor introduzir uma senha de fácil recordação; imagine esquecê-la num momento crucial de dor de barriga, por exemplo!?

Modelos vestem calcinha 'antiestupro', feito de malha resistente a tesouras
foto por 1.folha.uol.com.br
Não tenho conhecimento se a calcinha foi produzida em alta escala e comercializada; na época estavam recebendo incentivos para seu desenvolvimento em escala industrial.

- Mas, e você, mulher brasileira; teria coragem de investir numa calcinha assim?  

Na época eles projetaram vários modelos; inclusive próprios para a ginástica e corrida ao ar livre.  

Particularmente gostei muito dos modelos que foram apresentados - super estilosos; no entanto, não creio que aqui no Brasil funcionasse.  Os estupradores daqui, na maioria das vezes são também assassinos, com uma surpresa dessas seria a raiva que lhes subiria rapidinho (fazendo trocadilho..😁😁😁😂😂), e o que poderia ser "apenas" estupro com sequelas (NÃO MENOSPREZANDO, NEM DIMINUINDO A DOR da vítima) se transformaria em homicídio com requintes de crueldade. 

Vide casos de assaltantes que tentam roubar e não encontram nada com a vítima!  Nós, aqui no Brasil, temos que nos prevenir andando com o dinheiro do ladrão!

*Sobre estupro e Justiça - clique aqui!

Estuprador não é gente de bem - se pretende te estuprar e não consegue, imagine do que seria capaz?!  Nem quero pensar; melhor mesmo seria inventar um macacão e máscaras anti-estupro, talvez assim funcionasse, já que a NEGATIVA, apenas, não basta!

Por Elane F. de Souza (Advogada, Administradora e Autora deste Blog)
Foto e fonte: folha. uol
Postar um comentário