6 de setembro de 2016

"A vida cansa"!

Jeanne Calment (por Wikipedia.org) 

Já imaginou viver mais de 100 anos? Seguramente muitos dirão que sim, que isso seria, inclusive, um sonho a ser conquistado.  Uns acrescentarão à resposta apenas a ressalva: "desde que seja com saúde gostaria de viver até mais que isso"!  

Hoje, no mundo todo, existem centenas pessoas que já passaram dos 100, umas com saúde, outras nem tanto e algumas que já não se reconhecem - essas, apenas esperando o minuto final.

Ainda vivo, considerado por muitos, mas ainda não pelo livro dos recordes (o Guinness), um homem natural da Indonésia que diz ter nascido em 31 de dezembro de 1870.  Se o fato for verídico e confirmado pelas autoridades esse Senhor de nome Sodimejo (chamado de Mbath Gotho) teria 145 anos.  

O indonésio Sodimejo tem seu túmulo preparado desde 1992
por notícias.uol.com.br (Sr. Sodimejo)

Mas será verdade que alguém poderia viver (sobreviver) por tanto tempo?  Atravessar mais de um século de histórias e seguir lúcido? Dizem que hoje ele já precisa de ajuda para comer e passa a maior parte do tempo deitado ouvindo o rádio já que não pode ver TV (não enxerga mais, quase nada).  Ao longo desses anos casou-se 4 vezes, teve 10 irmãos e alguns filhos mas nenhum desses parentes seguem vivos - os parentes vivos, mais próximos, são seus netos, bisnetos e tataranetos. Segundo um de seus netos ele já comprou a sepultura há mais de 20 anos, todavia ela segue sem utilidade! Quando lhe perguntam o que espera da vida ele diz que só espera e deseja a morte!

No entanto, verdadeiramente mais idoso(a), reconhecido(a), oficialmente, pelo Guinness foi uma mulher francesa, ela se chamava Jeanne Calment e morreu com 122 anos de idade - "cansada" costumava dizer que "deus havia se esquecido dela"!

Aqui no Brasil vivia ou vive (pelo menos até março 2016 ainda vivia) um Senhor de nome José Coelho de Souza, natural do Ceará e antiquíssimo morador da Comunidade Estirão do Alcântara, localizado a 30 minutos de barco de Sena Madureira no Acre.  Sua história veio a público quando ele tinha 129 anos e teve que confirmar para o INSS que estava vivo - se confirmada sua idade pelo Guinnes, ele sim, será considerado o mais velho do mundo.

(Foto: Arquivo pessoal)
por BBC portuguesa

Histórias de vida longevas como essas estão se tornando comuns nos dias atuais e a maioria se devem as novas tecnologias hospitalares e a medicina farmacêutica, no entanto, o que dizer de pessoas como o indonésio e o brasileiro que vivem (viveram) uma vida humilde, para não dizer pobre de ingestão de nutrientes e com falta, quase absoluta, de recursos de saúde pública?  

Difícil de se explicar!  Segundo especialistas devem ser investigadas a fundo a predisposição de certas pessoas a viverem tanto - quiçá sejam os genes (preveem)!

Mas, e você o que achou dos exemplos de vida longa apresentados aqui?   Gostariam de vivem tanto quanto eles se tivessem, apenas, os recursos que eles tiveram?  Dos três aqui apresentados, apenas a francesa possuía uma vida "estável" de bens materiais (um certo conforto).  Com uma vida tão longa como a deles a pessoa perde a maioria, se não todos, os vínculos familiares mais próximos (pais, irmãos, cônjuge, filhos e até netos)..., lhes sobrarão alguns netos, bisnetos e tataranetos se ela foi uma pessoa que tenha tido filhos - se não foi assim estará mais sozinha ainda.  Então, valeria, realmente, a pena estar sozinho no mundo, apenas rodeado de desconhecidos e curiosos da tua longevidade?  Por mais que te amem, se você é uma pessoa "apegada"sentirá nostalgia, permanecerá saudoso dos que partiram e poderá entrar em depressão.  Muitos idosos, como menos idade que esses passam por depressão por se sentirem sozinhos - imagine presenciar as transformações do mundo de 1 século para o outro e outro, e seguir vivo?  

Enfim, até esse relato, essa possibilidade já me deixa cansada e triste.  Definitivamente uma vida longa, com saúde ou sem, NÃO É PARA MIM!  Presenciar mais guerras, mais fome, mais miséria, mais injustiça e a morte de todos os entes queridos está fora dos meus planos! Para quem deseja uma vida longa, boa sorte!


Autoria: Por Elane F. Souza (autora deste Blog e Advogada em Recife e Fortaleza)  - Ao copiar ou distribuir cite a fonte







Postar um comentário