17 de setembro de 2015

Bolsonaro: o homem que alguns querem para Presidente do Brasil condenado a pagar 10 mil a Deputada ofendida por ele em 2014

Parece piada, mas a população brasileira nunca terá a vida que tem um Suéco, Dinamarquês; Norueguês, Holandês, Suiço ou Finlandez.
Mal começamos a punir parcela dos corruptos já tem gente louca para colocar outros no lugar, se não corruptos, todavia loucos!
Mesmo que a pessoa não tenha histórico de corrupção, mas aja de forma intolerante, homofóbica, grosseira; defenda a tortura contra certos grupos e seja antipático à parcela da população a meu ver não é digno de me representar nem como vereador, quanto mais ser um Presidência da República.
Durante os protestos contra Dilma verificamos que alguns, que se dizem espertos, levantaram bandeiras favoráveis a certo políticos que, no meu ponto de vista são iguais ou ainda piores que Dilma, Lula, Aécio e FHC (juntos).
Esse Senhor de que falo foi, recentemente, processado e agora condenado a indenizar a Deputada Maria do Rosário em 10 Mil (pouco, pela gravidade da ofensa) –“Eu não a estuprarei porque você não merece”, foi o que ele disse no Plenário da Cãmara em 2014.
Mais tarde, em entrevista frisou que não a estupraria porque ela era muito ruim e feia, não fazia o tipo dele, por isso não a estupraria. (fonte: MSN. Com. Pt )

Mas quem é Jair Bolsonaro? Quem é esse Deputado que representa o povo do Rio de Janeiro (PP-RJ) pela 6ª vez?

Seria aquele Senhor que disse, em fevereiro de 2014, que acaso viesse substituir Feliciano na Comissão de Direitos Humanos, as pessoas iriam sentir saudades; que com ele não adiantaria pressão de grupos de defesa de homossexuas dentro da comissão. Acho que é esse – acho não, tenho certeza!
Além dessas declarações acima, tenho a honra de compartilhar outras que li em sites como O Povo. Com e CQC em entrevista de 2011.
O Povo de 1 a 10) 1. ''Eu defendo a tortura. Um traficante que age nas ruas contra nossos filhos tem que ser colocado no pau-de-arara imediatamente. Não tem direitos humanos nesse caso. É pau-de-arara, porrada. Para sequestrador, a mesma coisa. O cara tem que ser arrebentado para abrir o bico'' - em 2000, quando defendeu a tortura e o pau-de-arara da época da Ditadura Militar.
2. "Você me chamou de estuprador, você me chamou de estuprador! Vagabunda! Vai dizer que você é uma coitada agora? Chora agora. Eu não tenho medo de perder meu mandato por quebra de decoro" - em 2008, sobre discussão com a hoje ministra de Direitos Humanos, Maria do Rosário (PT-RS).
3. "Essa é uma farsa, uma mentira. É um projeto que caminha apenas para apurar o justiçamento no Araguaia, roubos, sequestros, execuções e justiçamentos. Isso é uma mentira" - em 2011, sobre a criação da Comissão da Verdade.
4."O kit gay não foi sepultado ainda. Dilma Rousseff, pare de mentir. Se gosta de homossexual, assume. Se o teu negócio é amor com homossexual, assuma. Mas não deixe que essa covardia entre nas escolas de primeiro grau" - em 2011, sobre plano do MEC de incluir o combate à homofobia nos currículos escolares.
5. ''Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco porque meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambiente promíscuo como lamentavelmente é o teu'' - em 2011, respondendo a cantora Preta Gil (ela perguntou como ele reagiria se seu filho namorasse uma negra). Após o programa, ele defendeu não ter entendido a pergunta e disse ter pensado que se referia a gays e não a negros. O STF arquivou o inquérito.
6.''Seria incapaz de amar um filho homossexual. Não vou dar uma de hipócrita aqui: prefiro que um filho meu morra num acidente do que apareça com um bigodudo por aí. Para mim ele vai ter morrido mesmo. Se um casal homossexual vier morar do meu lado, isso vai desvalorizar a minha casa! Se eles andarem de mão dada e derem beijinho, desvaloriza'' - em 2011, quando deu entrevista à Playboy.
7.''Não posso ter medo dos senhores, até porque a maioria aqui são heterossexuais preocupados com a família. Se fosse LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais), eu seria condenado Não vou me calar com essa representação sem vergonha, com esse lixo. Sou parlamentar com P maiúsculo, não com H minúsculo de homossexual'' - em 2011, no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados.
8. "O PSol é um partido de pirocas e de veados. Eu estou me lixando para a senadora. Eu vou responder à senadora [Marinor Brito] num papel higiênico. A imagem está lá, ela me deu uma porrada, me xingou de homofóbico, de corrupto e de assassino, daí eu estou errado, feri a feminilidade dela? As mulheres do Brasil que me desculpem, mas não são iguais a ela não" - em 2011, após o PSol pedir investigação contra ele.
9.''Essa mulher (Eleonora) representa a sua mãe, Dilma Rousseff, a minha não. E nem as mulheres brasileiras'' - em 2013, sobre nomeação de Eleonora Meniucci para o cargo da Secretaria de Políticas para as mulheres.
10."O senador Randolfe me chamou de vagabundo e só ficou no empurra-empurra. Talvez tenha dado um empurrão nele, mas não foi nada premeditado" - em 2013, acusado de dar um soco em Randolfe durante o visita ao Doi-Codi.

As do CQC em 2011

1. “Se pegasse um filho fumando maconha o torturava”;
2. Ao ser indagado se tivesse um filho gay: “isso não passa pela minha cabeça, fui um pai presente, sempre dei boa educação, não corro esse risco”;
3. Indagado quanto as cotas raciais: “Não viajaria com um piloto cotista nem aceitaria sem operado por um médico que entrou pelas cotas”, etc.
Cada dia que passa tá mais difícil viver nesse país. A população não aprende com o sofrimento. São “Tucanos” que entregam as estatais para o setor privado e embolsa “a grana”; Petistas que, descaradamente, surrupiam dinheiro público e se dizem favoráveis aos pobres; e agora essa gente que se diz Progressista (PP) e é mais retrógada que a minha bisavó!
O que fazer? O jeito é fugir para Dinamarca! Talvez seja melhor uma faxina por lá que aturar corruptos e homofóbicos, declarados, no poder!
Como disse em artigo anterior: "cada povo tem o político que merece"
Bolsonaro o homem que alguns querem para Presidente do Brasil condenado a pagar 10 mil a Deputada ofendida por ele em 2014
Autoria e Comentários: Elane F. De Souza OAB-CE 27.340-B
Foto/Créditos: pravida-number-five. Blogspot


Postar um comentário